Sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
informe o texto

Notícias | Brasil/Mundo

Tentativa de recriar o Ministério da Segurança Pública tem digital do PT

23 Jan 2020 - 17:27

Por Diego Amorim

Cresce o número de personagens que convenceram Jair Bolsonaro a estudar a recriação do Ministério da Segurança Pública, enfraquecendo ainda mais Sergio Moro: além de Rodrigo Maia e do governador Ibaneis Rocha, um secretário de Segurança petista tem assumido o protagonismo nos bastidores.

Ontem, a reunião de secretários estaduais de Segurança, anterior ao encontro em que o grupo pediu ao presidente da República a recriação da pasta, foi conduzida pelo secretário da Bahia, Maurício Teles Barbosa.

Ele é petista, aliadíssimo do governador Rui Costa, claro. É abertamente contrário à regulamentação do porte e da posse de armas — bandeira do governo federal — e a favor da legalização da maconha.

Representantes de 21 unidades da Federação participaram da reunião, na residência oficial do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) — leia aqui. Foi ali que eles ajustaram o discurso para, horas depois, no Palácio do Planalto, colocarem Bolsonaro contra a parede em relação ao assunto.

Deu resultado: os secretários acabaram conseguindo a declaração pública, na manhã de hoje, em que o presidente admitiu a possibilidade de recriação da pasta, atualmente sob o comando de Moro.

Crítico da postura do ex-juiz, o secretário petista da Bahia defende “a importância dos estados” no combate à criminalidade e “novas fontes de recursos” para a área.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Vídeos

 
Sitevip Internet